Terça, 21 de Maio de 2024
24°C 28°C
Maceió, AL
Publicidade

Comissão aprova projeto que prevê campanha de avaliação periódica da saúde da mulher no SUS

Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados Lêda Borges relatou a proposta na comissão A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados ...

19/09/2023 às 10h46
Por: Colaboração para o Jornal Online Alagoas Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:

A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 1799/23, que institui campanha para avaliação completa e periódica da saúde da mulher por profissional de saúde no Sistema Único de Saúde (SUS) e também para a promoção da conscientização sobre a importância da prevenção de doenças.

Pela proposta da deputada Nely Aquino (Podemos-MG), a avaliação completa da saúde e os exames diagnósticos solicitados serão realizados preferencialmente anualmente e no mês do aniversário da paciente.

Nas campanhas, o Poder Público deverá priorizar:

  • palestras sobre a importância da atividade física;
  • aferição da pressão arterial; orientação nutricional; e
  • a realização de exames preventivos.

O projeto estabelece que, ainda que não haja oferta dos exames diagnósticos solicitados pelos profissionais de saúde no SUS, o Poder Público deverá ofertá-los  por meio da celebração de contratos e convênios com entidades prestadoras de serviços privados de saúde.

Despesas
As despesas decorrentes da execução da medida correrão por conta das dotações orçamentárias próprias, suplementadas, se necessário.

O parecer da relatora, deputada Lêda Borges (PSDB-GO), foi favorável ao projeto. Ela lembra que o câncer de mama e o câncer do colo de útero são as principais causas da morte da população feminina em diversas regiões do país. Além disso, destaca que as mulheres também são vítimas de doenças do aparelho circulatório, decorrentes do sedentarismo e da alimentação desregulada, entre outras razões.

“Nesse sentido, campanhas para ampliar a realização de exames completos e periódicos da saúde da mulher são muito importantes para a população feminina, que representa 51,8% dos habitantes do País”, avaliou.  

Tramitação
A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Saúde; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.