Terça, 16 de Abril de 2024
24°C 30°C
Maceió, AL
Publicidade

Proposta que torna 'Caminho de Luz' monumento nacional está na pauta de quinta

Aprovado na Comissão de Educação (CE) em novembro do ano passado, o Projeto de Lei (PL) 6.570/2019 , que qualifica como monumento nacional a rota d...

01/04/2024 às 12h22
Por: Colaboração para o Jornal Online Alagoas Fonte: Agência Senado
Compartilhe:
Vista de Alto Caparaó (MG), município na rota
Vista de Alto Caparaó (MG), município na rota "Caminho da Luz" - Foto: Pedro Augusto/Pref. de Alto Caparaó

Aprovado na Comissão de Educação (CE) em novembro do ano passado, o Projeto de Lei (PL) 6.570/2019 , que qualifica como monumento nacional a rota de peregrinação denominada “Caminho da Luz — o Caminho do Brasil”, em Minas Gerais, será analisado pelo Plenário nesta quinta-feira (4), em sessão às 11h.

A matéria, já aprovada na Câmara, foi relatada na CE pelo senador Carlos Viana (Podemos-MG), que destacou os impactos positivos da proposta sobre a região ao possibilitar ganhos econômicos aos pequenos municípios e promover a preservação do meio ambiente.

“Ao mesmo tempo, o turismo de natureza, a prática da caminhada e a própria peregrinação, em seu sentido místico e de autoconhecimento, atraindo pessoas de diversas partes do Brasil e também do exterior, são atividades a serem valorizadas e incentivadas”, disse o relator.

De acordo com o relatório, o Caminho de Luz percorre os municípios de Tombos, Pedra Dourada, Faria Lemos, Carangola, Caiana, Espera Feliz, Caparaó e Alto Caparaó, todos no estado de Minas Gerais.

Grupo Parlamentar

Também está na pauta de quinta-feira, o Projeto de Resolução do Senado (PRS) 78/2019 , que institui o Grupo Parlamentar Brasil-Austrália. A proposta, de autoria do senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), foi aprovada pela Comissão de Relações Exteriores (CRE), sob relatoria do senador Esperidião Amin (PP-SC).

Amin destacou em seu relatório, além da histórica agenda multilateral de cooperação convergente, o crescente interesse de jovens brasileiros em estudar na Austrália.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.