Terça, 21 de Maio de 2024
24°C 28°C
Maceió, AL
Publicidade

‘Evangelizar é Preciso’ como manifestação da cultura nacional vai à Câmara

O projeto de lei que reconhece como manifestação da cultura nacional o evento "Evangelizar é Preciso", realizado em Fortaleza (CE), foi aprovado, n...

14/05/2024 às 20h29
Por: Colaboração para o Jornal Online Alagoas Fonte: Agência Senado
Compartilhe:
Cid Gomes apresentou relatório favorável ao projeto de Augusta Brito - Foto: VALTERJR
Cid Gomes apresentou relatório favorável ao projeto de Augusta Brito - Foto: VALTERJR

O projeto de lei que reconhece como manifestação da cultura nacional o evento "Evangelizar é Preciso", realizado em Fortaleza (CE), foi aprovado, nesta terça-feira (14), na Comissão de Educação (CE).

O PL 528/2024 , da ex-senadora Augusta Brito (PT-CE), recebeu relatório favorável do senador Cid Gomes (PSB-CE), e segue para a Câmara dos Deputados, salvo se houver recurso para análise em Plenário.

Como justificativa, a autora destacou a expressividade do evento, que reúne aproximadamente meio milhão de pessoas. Augusta ressaltou a potencialidade da proposição em fomentar o turismo com fim religioso na cidade de Fortaleza, comparando com o que ocorre no município de Aparecida, no interior de São Paulo.

Para o relator, o projeto não apenas “honra uma tradição cultural valiosa”, mas também promove o crescimento econômico e o turismo, reforçando a importância da fé no contexto brasileiro. O evento nasceu da colaboração, em 2008, entre a Associação Evangelizar é Preciso e o Padre Orsiní Nuvens Linard, da Igreja da Piedade, com o propósito de enaltecer a família como fundamental para a sociedade e disseminar os ensinamentos e valores por meio de músicas, sermões e celebrações.

— Desde sua concepção, o evento tem demonstrado uma capacidade extraordinária de reunir pessoas, com a edição inicial atraindo mais de 300 mil participantes no aterro da Praia de Iracema. Esse número tem crescido exponencialmente a cada ano, atingindo um público estimado de mais de meio milhão de pessoas na última edição de 2023, com participantes vindos de várias regiões do Brasil — ressaltou Cid Gomes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.