Quarta, 18 de Maio de 2022 07:22
82 993338984
Cultura São Paulo

São Paulo Escola de Dança abre inscrições para Cursos Regulares

Até 25 de maio é possível participar do processo seletivo, que terá reserva de vagas para ações afirmativas e bolsas de estudo

11/05/2022 14h45
Por: Colaboração para o Jornal Online Alagoas Fonte: Secom Estado de São Paulo
Foto: Reprodução/Secom Estado de São Paulo
Foto: Reprodução/Secom Estado de São Paulo

ASão Paulo Escola de Dança– nova instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, está com inscrições abertas para as primeiras turmas de seus Cursos Regulares, que terão início no segundo semestre de 2022. Até o dia 25 de maio, é possível se cadastrar para participar do processo seletivo pelo sitespescoladedanca.org.br/processo-seletivo.

Estão sendo ofertadas 150 vagas, com 50% delas destinadas a pessoas vindas de contexto de baixa renda ou situação de vulnerabilidade social e/ou relacional e 20% voltadas a pessoas negras (pretas ou pardas) ou de origem indígena. De forma a estimular a formação e a permanência de seus aprendizes, a Escola oferecerá no semestre até 75 bolsas de estudo no valor de R$ 2.600,00 às pessoas aprovadas, que poderão pleitear o benefício em um processo seletivo específico.

São cinco opções de cursos, cada um com duração de dois anos e aulas 100% gratuitas, que visam capacitar aprendizes tanto no aspecto artístico quanto técnico para que possam ocupar diferentes posições na cadeia produtiva da dança. Os cursos sãoDança e Performance,Dramaturgia da Dança,Figurino para Dança,Multimídias para DançaeProdução e Gestão Cultural para a Dança, com 30 vagas disponíveis por turma, totalizando 1.600 horas de conteúdo teórico-prático e atividades extracurriculares. A coordenação dos Cursos Regulares está a cargo de Junior Oliveira, que foi vice-diretor da Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado na Bahia.

As aulas acontecerão presencialmente de segunda a sexta-feira (e também em alguns sábados), das 8h às 12h, na sede da Escola, localizada no 3º andar do Complexo Júlio Prestes, no centro de São Paulo, que atualmente passa por reformas para receber as atividades curriculares, e/ou na sede da São Paulo Companhia de Dança.

Entre os pré-requisitos para concorrer estão: ter mais de 16 anos completos até o dia 1º de agosto de 2022, possuir o ensino médio completo ou estar regularmente matriculado nele e, em caso de pessoas estrangeiras, estar de modo legal no país. A participação prevê o pagamento de uma taxa de inscrição de R$ 50, que pode ser isenta em alguns casos conforme especificado no edital.

Conduzido pela Fundatec, o processo seletivo será composto por duas etapas. A primeira, com duração de duas horas e de caráter eliminatório e classificatório, consiste em uma prova on-line de redação de um texto dissertativo de até 30 linhas a partir do tema proposto e de cinco questões de múltipla escolha. A segunda etapa, pela qual passarão as 90 pessoas mais bem classificadas em cada curso na primeira fase, terá a realização de atividades on-line e presenciais específicas.

Sobre os Cursos Regulares

A São Paulo Escola de Dança – Centro de Formação em Artes Coreográficas tem coordenação educacional de Duda Braz e os Cursos Regulares têm coordenação geral de Junior Oliveira. Conheça os cursos oferecidos: 

Dança e Performance – Coordenação de Curso: Robson Lourenço

O objetivo do curso é desenvolver possibilidades corporais que ampliem e contribuam para o processo de criação, exploração e organização do pensamento e do movimento. Serão trabalhados aspectos como criatividade, autonomia e a diversificação do próprio repertório, a fim de que as pessoas aprendizes se apropriem de ferramentas que serão utilizadas para integrar o elenco de uma companhia de dança ou criar suas composições de forma autoral e independente a partir de temas relacionados a questões sociais, culturais, comportamentais e cotidianas.

Dramaturgia da Dança – Coordenação de Curso: Flávio Lima

Esse curso tem como objetivo a formação de coreógrafos e profissionais para atuarem em companhias de dança, núcleos artísticos e outras produções independentes na área das artes cênicas a partir de estudos em coreografia, direção, dramaturgia e sonoplastia. Serão trabalhados em conjunto a teoria e a experimentação, com reflexões sobre novas perspectivas a respeito das estéticas e poéticas que representam desejos e fazeres cênicos e coreográficos plurais na contemporaneidade da dança brasileira.

Figurino para Dança – Coordenação de Curso: Teresa Abreu

O objetivo é a formação de profissionais capacitados para elaboração de trajes para a cena, podendo atuar em companhias, núcleos artísticos de dança e de forma independente no teatro, ópera, musicais e outras áreas das artes cênicas.

O curso terá três abordagens: teoria, prática e experimentação, nas quais serão discutidos conceitos e estéticas do traje e a relação do figurino com os períodos da história da arte, além da realização de oficinas e ateliês abordando aspectos do corte, costura e modelagem, realização de adereços relacionados ao figurino, maquiagem, cabelo, caracterização e design da aparência.

Multimídias para Dança – Coordenação de Curso: Élder Sereni

Este é um curso interdisciplinar, que pretende unir tecnologia de ponta com o que existe de mais artesanal na maneira de usar a linguagem digital no contexto da produção artística em dança. Um curso abrangente e integrado que dará uma formação ampla, trazendo ao mercado profissionais prontos para codificar experiências em danças em diálogo com a linguagem digital, a partir de vivências corporais por meio de técnica somática, como forma de avolumar o sentido de presença cênica, quando a dança interage com o multimídia.

Produção e Gestão Cultural para a Dança – Coordenação de Curso: Flip Couto

O objetivo é a formação de produtores culturais para atuar na realização de projetos artísticos culturais para companhias ou núcleos de dança e outros grupos artísticos. O curso irá abordar os conceitos de cultura, diversidade e identidade não pactuados com o referencial hegemônico e eurocêntrico. Com ênfase no planejamento estratégico, elaboração de projetos, produção executiva, captação de recursos, gestão financeira e avaliação sistêmica, as pessoas aprendizes terão uma formação conectada com os desafios de produzir e empreender com sustentabilidade na área cultural e sobre o potencial protagonismo da dança na economia criativa e cultura digital.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.